Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Palavras Brasileiras: José Mauro de Vasconcelos

Um dos primeiros livros que li sozinha quando criança chama-se O meu pé de laranja lima. Fiquei completamente encantada com a história; tanto que reli este livro diversas vezes. Imagina só, você ganhar uma árvore como amiga! A forma como essa amizade acompanha todo o enredo que conta um pouco da história de Zezé, um garoto de oito anos bastante levado, é bastante envolvente e divertida, mesmo com todas as dificuldades pelas quais o garoto passa. Há algumas semanas, recebi a notícia da estreia de uma nova adaptação da obra para os cinemas, e fiquei super feliz. Confira o trailer:


Acho a história do autor bastante interessante. Nascido em São Paulo em 1920, vindo de uma família de migrantes do nordeste, passou por grandes dificuldades financeiras na infância, e acabou retornando para Natal, onde foi criado pelos tios. Chegou a ingressar no curso de medicina, mas o abandonou ainda no segundo ano e resolveu ir arriscar alguma oportunidade no Rio de Janeiro. Lá ele foi de carregador de bananas a instrutor de boxe, e após muitas outras adversidades, descobriu-se escritor.


José Mauro de Vasconcelos apresenta em suas  obras uma característica extremamente forte: a personificação. Em outro livro do autor que tive a oportunidade de ler, chamado O veleiro de cristal, seu uso é bastante visível. A forma como o autor utiliza a personificação é bastante interessante, fazendo-nos até mesmo nos apegar à suas figuras humanizadas. 
Também vemos como essa característica é capaz de dramatizar o enredo. Em Rosinha minha canoa, outra obra de José Mauro, o sentimento dos seres que ganham vida é comovente. Admiro a habilidade do autor na utilização de técnicas tão singulares
Então, se você está em busca de uma leitura interessante, que sobretudo faz relembrar momentos de nossa infância ou refletir sobre o funcionamento do mundo que nos rodeia, conheça um pouco mais de José Mauro de Vasconcelos.  

0 Comentários