Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Resenha: 36 perguntas que mudaram o que sinto por você (Vicki Grant)

Imagina se existisse uma forma de induzir o amor entre duas pessoas. Elas se conhecem, seguem um caminho de comunicação específico e, páh! Se apaixonam. Facilitaria muito a vida daqueles reality shows de casais, não é mesmo? Mas acontece que alguns estudos psicológicos já avaliam isso, e é inspirado nessa vibe que surge o enredo de 36 perguntas que mudaram o que sinto por você

livro 36 perguntas que mudaram o que sinto por voce

SINOPSE: Hildy e Paul têm as próprias razões para participar de um estudo do departamento de psicologia da universidade local que tem o intuito de “facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento”. O experimento consiste em 36 perguntas, algumas inofensivas, como Quando foi a última vez que cantou sozinho?; outras nem tanto, como Qual sua mais terrível memória? As questões ajudam os dois a desnudar para o outro ― e para si mesmos ― sentimentos muitas vezes reprimidos. Segredos são revelados; vulnerabilidades, expostas. Hildy e Paul chegam ao fim do questionário entre risos e lágrimas, e baiacus voadores! Mas a pergunta mais importante permanece: eles se apaixonaram?

páginas 36 perguntas que mudaram o que sinto por voce

Já faz um tempo que young adults deixaram de ser o meu gênero literário favorito, mas vez ou outra ainda curto me debruçar sobre uma história leve e divertida. Este livro foi perfeito para matar essa saudade e me fazer dar algumas boas risadas, além de me deixar torcendo pelo casal. Hildy e Paul são os típicos adolescentes de comédia romântica que parecem não ter nada a ver um com o outro e ainda assim serem perfeitos um para o outro. Relutantes no começo, eles acabam embarcando nesse experimento da universidade local onde devem fazer 36 perguntas entre si, como uma possibilidade de facilitar uma proximidade entre eles que possa resultar em um relacionamento (além de ganhar 40 dólares com isso). 
A forma como o diálogo deles é estruturado no livro é bem interessante, tornando a leitura ainda mais rápida por não envolver muitos parágrafos de contexto. É mais um bate e rebate entre eles mesmo. Ainda assim, através de suas expressões conseguimos visualizar perfeitamente os personagens nessa situação tão inusitada. 

36 perguntas que mudaram o que sinto por voce

No livro também conhecemos alguns outros personagens relacionados à Hildy, como os seus familiares e amigos, que estão envolvidos em muitos dos problemas que ela vem enfrentando. Percebemos um clima tenso na família dela e que ela se sente culpada por isso, e mais tarde os motivos vão se revelando. E a dupla Max e Xiu, melhores amigos da Hildy, a ajudam a passar por todos esses momentos. O Paul, por outro lado, é bem mais misterioso, e demora mais para descobrirmos sobre o seu passado e sua vida pessoal. 
Esse lado misterioso e bad boy do Paul me incomodou um pouco no começo, por me parecer ser apenas mais um personagem clichê de romance adolescente. Mas algo que me agradou foi o fato de ele não ser desrespeitoso com a Hildy, como alguns caras assim costumam ser nessas histórias. Ele consegue ser meio idiota as vezes, mas não de forma rude ou intencional. Se eu preferia que ele não fosse mais um garoto problemático misterioso tatuado fuck the police? Preferia. Acho até que a Hildy merecia alguém melhor que ele. Mas, ainda assim, consegui ver eles juntos de uma forma fofinha e torcer pra que dessem certo no final.

verso do livro 36 perguntas que mudaram o que sinto por voce

Esta é uma boa leitura para quem está procurando um romance leve e divertido, que fale sobre amor, amizade e dilemas da juventude. Não acho que ele chega a se equiparar à riqueza de detalhes dos romances de Jojo Moyes e Rainbow Rowell, como sugerido, mas com certeza agrada leitores do gênero. Ri alto em vários momentos, e li o livro em 3 dias entre as pausas pós almoço, intervalo das aulas e minutos antes de dormir.

"HILDY: Então por que essa cara de "você é uma idiota?" Ou é apenas seu rosto em repouso?
PAUL: Não é minha cara de "você é uma idiota". É minha cara de "você está enganada" com sobrancelhas de "você realmente está começando a me encher". Podemos passar para a próxima pergunta? Por favor?" p. 33

Autora Vicki Grant

A escrita da Vicki Grant é muito agradável, então já adicionei o nome dela à minha lista de autores para ficar de olho. O livro foi publicado aqui no Brasil pelo selo Galera do Grupo Editorial Record, que me enviou essa cópia através de nossa parceria. 

Nota: 4/5
ISBN: 978-85-01-11404-04

20 Comentários

  1. Parece o tipo de obra que teria uma adaptação cinematográfica maneira!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho! Quero muito que notem esse livro <3

      Excluir
  2. só pelo nome já me chamou bastante a atenção e adorei conhecer esse livro por aqui, parece mesmo bem gostoso de ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse tipo de livro, acho super leve de ler! Quero!

    ResponderExcluir
  4. Achei o livro bastante interessante, adoro livros leves e de romance, o livro tem uma história bem fluída, e com elementos que os leitores gostam, gostei muito de conhecer o livro, já fiquei curiosa pelo livro, bjs.

    ResponderExcluir
  5. O livro é fisicamente lindo e o enredo dele me parece muitíssimo interessante! Já vou guardar tua dica! Ah, e parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  6. estou doida por esse livro, apesar de ser um genero diferente do que eu curto, eu amei a capa e fiquei bastante uriosa pra ler

    ResponderExcluir
  7. Olha, me deixou bem curiosa. Gostaria de ler. Parabéns por me influenciar a ler um livro de um gênero que nem sou muito chegada ahahha.

    ResponderExcluir
  8. Desde que lançou este livro eu estou muiiito ansiosa para ler. Parece ótimo para sair da ressaca literária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é mesmo! Tava com um ritmo de leitura bem ruim antes de ler ele, mas daí em poucos dias devorei essa história <3

      Excluir
  9. Adorei a sua resenha e já fiquei com vontade de ler...adoro livros leves! E essa capa é linda!

    ResponderExcluir
  10. Achei legal a questão das 36 perguntas. Foge do senso comum das histórias. Ótima dica de leitura pro feriadão né? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, é perfeita para preencher os dias livres de forma leve <3

      Excluir
  11. Realmente a escrita parece ser muito agradável, e inclusive já quero ler ♥

    ResponderExcluir
  12. Achei a capa tao fofa! Ja adorei

    ResponderExcluir
  13. Fiquei curiosa para ler esse livro

    ResponderExcluir
  14. Esse é o meu tipo de literatura favorito.
    Gosto de leituras leves e que me deixam relaxada.
    Esse eu leria com certeza. Adorei a sua resenha.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
  15. Parece bem fluida a leitura e quem é que ler algo e não fica torcendo por um personagem favorito kkkk e você ali na torcida pelo Paul bem legal isso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário