Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Como escrever uma resenha: da leitura ao clique em "publicar"

Quando me perguntam como eu comecei a publicar resenhas eu nunca sei muito bem como responder. Talvez tenha sido por influência de alguns blogs literários que eu acompanhava na época, como o da Melina Souza, e talvez por vontade de compartilhar em algum lugar sobre o que eu estava lendo. Se você voltar nas resenhas mais antigas do blog vai perceber que elas eram bem curtas e simples, e que foram mudando com o passar do tempo. O motivo principal está no fato de eu ter cursado uma graduação, que exigia a escrita de muitas resenhas críticas e me fizeram aprimorar essa habilidade.

como escrever uma resenha

Considerando a forma como escrevo hoje em dia, resolvi reunir neste post um pouco do meu processo criativo. São etapas simples, mas que me possibilitam construir um conteúdo melhor e que felizmente tem sido bastante elogiado por vocês, caros leitores! Agradeço a todo mundo que acompanha as resenhas daqui do blog, e espero que este post possa ser útil para alguns de vocês.

Antes da leitura


Gosto de resenhar todos os livros que leio, mas nem sempre faço isso. Não possuo muito bem um critério de escolha dos que serão resenhados, mas os livros que recebo em parcerias acabam tendo prioridade, pois assim dou um retorno aos parceiros. Ao escolher o livro que irei ler, normalmente já leio as orelhas ou verso do livro, onde costuma estar presente a sinopse e informações de autoria. Também gosto de observar o ano em que o livro foi escrito e um pouco da história do autor ou autora - esses elementos dizem muito sobre a obra. Um livro escrito por um jornalista em 1980 é bem diferente de um escrito por uma bióloga em 2006. Saber esse contexto já me dá uma ideia do que devo esperar.

Lendo criticamente 


Muita gente deve questionar qual a diferença entre uma leitura comum e uma leitura crítica. A verdade é que você pode estar fazendo uma leitura crítica sem nem perceber! A principal característica dessa leitura está na análise atenta dos elementos da obra, onde se considera aspectos específicos como a construção dos personagens, desenvolvimento do plot (enredo), plot-twists (reviravoltas) e conclusão. Numa leitura dinâmica, que é mais rápida, não há espaço para observar todos estes aspectos. Por isso, se você busca resenhar um livro, é importante que faça uma leitura crítica.

como escrever resenhas


Durante a leitura costumo fazer marcações nos livros e colar post-its. Tem gente que considera um absurdo "violar" os livros dessa forma, mas eu sou muito fã dessa prática! É riscando e marcando as páginas que eu consigo assimilar melhor o que está sendo abordado na obra, além de já tecer ali alguns comentários que serão úteis na hora de escrever a resenha. 
Outra ferramenta que utilizo é um caderno de anotações. Tenho um físico, que é este presente nas fotos, e também utilizo o aplicativo Evernote como caderno digital. Opto por um ou outro de acordo com a situação - normalmente pego o que estiver ao meu alcance mais rápido, pra não dar tempo de esquecer a ideia que tive. Ali escrevo observações sobre a obra, reações a cenas e até mesmo expectativas sobre o enredo.

Hora de escrever! 


Costumo levar entre 1 e 2 horas para escrever uma resenha. Este tempo varia de livro para livro, e também do formato que quero apresentar no post. Quando um livro possui um contexto histórico mais elaborado, por exemplo, eu costumo dedicar parte desse tempo a realizar pesquisas sobre seu cenário, como fiz na resenha de A sociedade literária e a torta de casca de batata. Gosto de pesquisar sobre a cidade ou país em que o livro se passa, sobre o período histórico e até mesmo a vida do autor ou autora. Essas informações tornam a resenha mais robusta e os fatos apresentados podem encantar ainda mais o leitor, convencendo-o a adquirir a obra. 
Porém, nem sempre um livro demanda tantos detalhes em sua resenha. As vezes o contexto não é tão importante para a história, que pode ser até mesmo atemporal. Nesses casos pode ser interessante deixar isso claro na resenha, afinal a falta de contexto é também um elemento de construção da obra.
É importante destacar que resenha não é sinopse, nem uma simples exposição de sua opinião. Para se configurar como uma resenha crítica, é essencial que o texto contenha análises sobre a narrativa, a linguagem utilizada na obra, a construção dos diálogos e até mesmo da edição do livro. 

Perguntas que você pode responder na sua resenha:


1. O objetivo do autor ficou claro na obra? Qual é esse objetivo? 

2. O enredo é original? A narrativa possui clichês? 

3. A leitura é fluída e bem estruturada?

4. Os personagens são cativantes? Você conseguiu se identificar com algum deles?

5. O livro tem algo a ensinar para o leitor? Qual a sua mensagem?


Esses são apenas alguns exemplos de perguntas que podem ser respondidas na sua resenha. Ao falar delas você pode e deve expor a sua opinião, mas é importante que seja feita uma analise honesta, com base em todos os aspectos que compõem a obra. 

quote

Citações (ou as chamadas "quotes")


O termo "quote", da língua inglesa, se popularizou nos últimos anos ao se referir a citações de livros divulgadas na internet. Gosto muito de inserir citações dos livros em minhas resenhas, que utilizo de duas diferentes formas:

1. Para ilustrar o contexto


Neste caso, a citação vem logo após as minhas considerações sobre algum elemento específico da obra. Escolho sempre o trecho que transmite melhor a mensagem que estou tentando passar.

2. Para causar impacto


Aqui escolho os trechos mais marcantes, que são chamativos e dignos de destaque. Muita gente se convence de ler um livro só por conta de um trecho assim! Eu mesma já fiquei curiosa para conhecer alguns após ter lido uma boa quote.

Fotos, fotos e mais fotos!


O elemento visual também é muito importante para compor um post de resenha. Seja ela feita num blog ou no Instagram, é legal utilizar imagens que mostrem bem a edição, sem cortar detalhes da capa, para que o leitor possa conhecer bem o trabalho gráfico da editora. Também gosto de inserir imagens das orelhas e folha de rosto do livro nas minhas resenhas, além de alguma foto das páginas, para que o leitor possa observar a diagramação. Esses elementos básicos já são suficientes para tornar a resenha mais completa! Vez ou outra gosto de inovar um pouco nessas fotos e inserir outros elementos na composição das imagens, mas aí vai do gosto de cada um. 

Finalização


Gosto de concluir a minha resenha fazendo algumas considerações finais sobre a obra, que basicamente resumem se eu gostei ou não dela e para que publico eu recomendo. Também gosto de sinalizar se a obra possui algum gatilho, deixando bem claro para o leitor o que esperar da leitura. No final dos meus posts de resenha também indico o ISBN da obra (que é o seu código de registro internacional), a nota entre 1 e 5 estrelas e um link para compra. 
Antes de publicar também é importante revisar tudo! Afinal não há nada pior do que cometer erros de português ao falar de literatura 😅 Claro que vez ou outra um errinho de digitação pode acabar passando despercebido, mas o ideal é que você revise bem o texto antes de finalmente clicar em publicar. 

É isto! Me conta nos comentários se você escreve resenhas e qual o seu processo! Vou adorar conhecer novas dicas, e se ficou alguma dúvida é só perguntar aí embaixo também! Lembre-se de marcar a caixinha "Notifique-me" para receber a resposta da pergunta em seu e-mail.

18 Comentários

  1. Malu eu gosto TANTO das suas resenhas! Elas com certeza são as melhores que eu leio/já li. Quando eu comecei a fazer resenhas no blog também eram bem rasinhas, eu falava pouco demais, dá até uma vergonhinha de ler, hehehe.
    Amei esse post e ele é muito útil, principalmente pra quem está começando a resenhar agora, né? Arrasou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, muito obrigada Vitória! Eu também amo demais o seu trabalho <3 e nossa, também tenho vergonha das minhas resenhas antigas, viu? hehe só mantenho no ar pela memória afetiva mesmo

      Excluir
  2. Amo saber mais sobre isso, já que eu sou uma pessoa que gosta muito de formar opiniões. E você escreve muito bem, amo os seus posts !! 😍👏🏻

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?

    ADOREI SUAS DICAS! Vou tentar colocar em pratica no meu instagram literário, não conhecia teu blog mas já vou ver como realmente fica as suas dicas em suas resenhas <3

    https://www.instagram.com/leitoradeoculos/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Malú!
    Menina, a tal da leitura crítica acaba "pegando" a gente de jeito, né? Nas primeiras vezes é difícil, mas com o tempo TODA leitura vira crítica, mesmo as que foram destinadas ao puro entretenimento. Acho que faço isso no meu blog há tanto tempo, sobre tantos assuntos, que nada na vida é vivido sem virar um post mental.

    Adorei as perguntas que você colocou de referência pra guiar quem também vai fazer suas resenhas... Todas MUITO pertinentes. Mas isso não espanta, né, as suas são sempre muito completas e bem escritas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Luly! Hoje considero grande parte das minhas leituras como críticas mesmo. Muito obrigada, fico feliz em saber que você curte minhas resenhas! <3

      Excluir
  5. Oiie vc me ajudou bastante agora, vou utilizar suas pegunta, pois eu não costumo fazer resenhas no meu blog sobre livro mais tem um em especial que eu queria indicar e eu tava perdidinha pq não sei fazer resenha de livro afinal nunca fiz, acho que com suas pergunta vou consegui desenvolver a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom que esse post se tornou útil pra você! Já quero conferir a sua indicação

      Excluir
  6. Que bacana! Legal ver seu processo e servir de inspiração para outras pessoas, também!

    ResponderExcluir
  7. Dicas super importantes e esclarecedoras. Serve de inspiração para todos que pretendem começar ou aperfeiçoar suas escritas literárias e resenhas!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, muito bom seu "tutorial", hahahah
    Eu lia bem mais antes de começar a fazer faculdade (a ironia tá aí: estudo Letras kkkk) e costumava fazer resenhas também... tinha um processo bem parecido! Ainda hoje, mesmo sem escrever, gosto muito de ir anotando comentários em um caderninho também.
    Esse processo, atualmente, deixo só pro que preciso escrever pra faculdade mesmo kkkk
    Ótimo post,
    beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
  9. Adoro tutoriais!
    Eu também risco meus livros. Mas faço de um jeito carinhoso. Anoto características dos personagens, reações minhas aos acontecimentos - tudo ao redor do texto.
    No meu blogue, eu não escrevo resenha de livros, mas sigo sempre uma estrutura que planejo previamente antes de começar a escrever.
    Este post aqui vai ajudar muita gente! Não só blogueiros, mas estudantes que precisam escrever resenhas de literatura.
    x

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem? Escrever resenhas não é fácil, ainda mais quando precisamos levar em conta tantos aspectos diferentes. Sendo sincera não sigo sempre a mesma ordem, depende muito da minha rotina, das tarefas que tenho por fazer, etc. Mas um caderno para anotações sempre ajuda. As vezes anoto tantos quotes que não consigo usar todos haha Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  11. Eu adorei seu post. Ele pode ajudar até mesmo quem faz resenhas na escola e na faculdade.
    Demorei um pouco para conseguir fazer as resenhas que faço hoje, tanto que tenho até uma pouco de vergonha das minhas resenhas antigas hehe. Mas não altero nada nelas, pois é legal ver minha evolução. Hoje em dia eu tento trazer bem mais da minha opinião, meus conhecimentos e minhas fotos para as resenhas, além de manter uma coerência no que eu tô dizendo.
    Ah, e concordo que se você planeja fazer resenha de algum livro, uma leitura mais crítica mais é necessária, além de fazer notas e marcações :)

    ResponderExcluir
  12. Como escrever uma boa resenha é sempre uma dúvida. seu post foi bem elucidativo, com boas dicas. Eu mesma já passei por curadoria para aprimorar esse quesito. No fim das contas, apesar das regrinhas a resenha acaba tendo um ponto bem pessoal.

    ResponderExcluir
  13. Também gosto muito de ler sobre o autor e a época em que o livro foi escrito, algumas literaturas tem relação direta com o texto politico histórico e em outras ate mesmo com a vida do autor naquele momento.

    ResponderExcluir

Postar um comentário