Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Algo sinistro vem por aí (Ray Bradbury)

algo sinistro vem por ai ray bradbury

Outubro chegou e eu resolvi resenhar este livro que tem tudo a ver com o Halloween, e que carrega um clima de outono que vai agradar aqueles que gostam da estação. Se você curte essa vibe precisa ler Algo sinistro vem por aí, obra de Ray Bradbury escrita em 1962 e que carrega referências que com certeza inspiraram as obras do gênero que vieram após esse período. O livro acabou de ganhar esta nova edição pela editora Bertrand Brasil, e traz em sua aba uma sinopse assinada pelo autor de suspense brasileiro Raphael Montes.

algo sinistro vem por ai sinopse

SINOPSE: Um parque de diversões itinerante chega a uma pacata cidade do meio-oeste dos Estados Unidos. No entanto, sob tendas e luzes coloridas esconde-se algo ameaçador: um paraíso infernal. Envoltos pelas intrigantes atrações, os espectadores passam por transformações assustadoras que poderão mudar suas vidas de maneira diabólica.

Ávidos por aventura, os amigos de infância Jim Nightshade e William Halloway mergulham nesse curioso circo de horrores para descobrir o que há por trás das atrações. Após se depararem com uma caravana do mal, a dupla tem de desvendar o pesado custo dos desejos... e a fábrica dos seus piores pesadelos.


livro algo sinistro vem por ai

É impossível falar desse livro sem falar das expectativas que criei por ele ser escrito pelo mesmo autor de Fahrenheit 451, uma das minhas distopias favoritas. Porém, quando li a sinopse, fiquei meio sem saber como o estilo do autor se encaixaria com a proposta do livro. Comecei então a leitura me sentindo bem curiosa para ver o resultado, e me surpreendi em vários aspectos.
O livro tem dois garotos como protagonistas: Jim e Will. Eles são vizinhos e amigos desde que se entendem por gente, e estão sempre juntos. A amizade deles me fez lembrar muito da dos garotos de Good Omens, e até mesmo de outras obras pop como It: a coisa e Stranger Things.
E assim vão eles, Jim correndo mais devagar para acompanhar Will, e Will correndo mais rápido para ficar ao lado de Jim. Jim quebrando duas janelas da casa mal-assombrada porque Will está com ele, e Will quebrando apenas uma, em vez de nenhuma, por que Jim está olhando. "Deus, como é que metemos os nossos dedos na cumbuca alheia. Isso se chama amizade, casa um bancando o oleiro para ver de que formas pode moldar o outro". p. 26
Admito que a leitura demorou a fluir. A escrita é um tanto intrincada, com muitas analogias, o que torna tudo um tanto maçante e, na minha opinião, até mesmo tira o encanto de alguns trechos da história. Porém, o elemento fantástico principal, que é o parque de diversões, deixa tudo mais interessante. Eu adorei as atrações, o labirinto de espelhos, e principalmente o carrossel. Quando a história do parque e a dos meninos se cruzam e as coisas sinistras começam a acontecer, a leitura engata rapidinho.

livro algo sinistro vem por ai

O livro é dividido em três partes, que se conectam muito bem. É um livro sobre ser criança e também sobre ser adulto, sobre amadurecimento e, sobretudo, sobre as fases da vida. Nas três partes o autor faz reflexões sobre esses temas, e isso enriquece bastante o enredo.
O problema com Jim é que ele olhava para o mundo e não conseguia tirar os olhos dele. E, se você nunca desvia o olhar em toda a vida, quando se chega aos 13 anos é como se já tivessem se passado 20, apenas observando a sujeira do mundo."  p. 45
Um personagem chave nessa história é Charles, o pai de Will. Ele foi pai do garoto já depois dos 40, e se sente muito mal por essa escolha: diz que é velho demais, que não consegue compreender a juventude do menino. Eu, particularmente, gostei muito dele; principalmente por ele trabalhar numa biblioteca e sempre buscar refúgio nos livros. Ele é também um homem muito sábio e que aos poucos vai se tornando essencial para o desenvolvimento da história.
Então, aprenda uma coisa. Às vezes, o homem que parece ser o mais feliz da cidade, aquele com o maior sorriso, é o que carrega o maior fardo de pecados. Existem sorrisos e sorrisos, e é bom você aprender a distinguir os alegres dos sinistros. O falador, o sujeito que vive dando gargalhadas, metade do tempo está fingindo. Ele se divertiu e se sente culpado. Porque os homens adoram pecar, Will, ah, como gostam, não duvide, de todos os modos, formas, tamanhos, cores e cheiros. " p. 126

algo sinistro vem por ai ray bradbury

Posso concluir dizendo que o enredo é bom, a proposta é boa, mas a execução desde livro me deixou um pouquinho decepcionada. Talvez por ter criado muitas expectativas, talvez por não ser tão legal mesmo. Mas acho que sim, o autor conseguiu escrever uma boa obra, um marco na escrita de suspenses, eu diria. Vale a pena conferir e recomendo muito este livro como leitura para o Halloween. 


ISBN: 978-85-286-2406-9
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 3/5 ⭐

Esta leitura fez parte do projeto #EstanteZero


Disclaimer: este post possui imagens não autorais com uso autorizado via picsart.

31 Comentários

  1. Que interessante, adoro essa proposta de crianças lidando com coisas assustadoras, tanto que adoro Stranger Things, It, e mais alguns que não me vem na cabeça, hehe.
    O que tu acha que seria melhor, uma série ou um filme como adaptação do livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que um filme seria incrível! Inclusive imaginei cenas durante a leitura que seriam incríveis de ver nas telas <3

      Excluir
  2. Adorei a aventura dos amigos de infância, é mesmo uma leitura perfeita para o mês de outubro e halloween

    ResponderExcluir
  3. parece ser uma leitura interessante, me lembrou muito stranger things. Irei adcionar esse livro a minha lista de leitura <3

    Diário de uma desastrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você ler no futuro, volta aqui pra me contar o que achou <3

      Excluir
  4. Olá, boa noite. Já coloquei o livro na minha wishlist, afinal, daqui a pouco (novembro) é meu niver e mereço esse presente, com certeza. Adoro Bradbury e não sabia dessa nova versão. Grata por me presentear com esse post e suas impressões. Adorei.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que o post foi útil pra você, Lunna! Com certeza é um ótimo presente para uma admiradora do Bradbury, você merece supeer! <3

      Excluir
  5. esse tema de misterio num parque de diversões parece mesmo super interessante,pena que o livro não se desenvolve tão bem assim

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro. Adorei conhecê-lo.
    Eu amo livros e tudo que envolve suspense/mistério, me ganham de uma forma surreal, acredito pelo fato de ser uma pessoa curiosa que gosta de quebra cabeças kkk
    Fiquei interessada nessa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, a minha curiosidade também me faz amar um mistério! Fico feliz por você ter se interessado pela leitura <3

      Excluir
  7. Olá
    De uns meses para cá as únicas história que estão me "prendendo" são as de aventura, fantasia e suspense. Venho procurando livros com a temática e a sua indicação veio a calhar.
    Por mais que a leitura seja maçante, como você disse, eu me interessei.
    Enfim, sua resenha e bem detalhada sem dar spoiler e eu admiro muito quem consegue escrever assim.
    Seu blog e lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, Anna! Acho que a leitura vale a pena se você curte o gênero, e a experiência pode acabar sendo diferente para você. Torço pra que curta! <3

      Excluir
  8. É ruim quando criamos expectativa sobre algo e não é nada daquilo que a gente tava pensando, ou se é, não é tudo. A parte que junta o parque os meninos acredito mesmo que seja mais interessante, fiquei curiosa pra saber como é toda a história, principalmente essa parte. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo que envolve o parque foi fabuloso pra mim <3 Mas as expectativas acabaram me atrapalhando mesmo!

      Excluir
  9. Amei a sinopse deve ser bem interessante vou procurar bjo

    ResponderExcluir
  10. Caramba, quando comecei a ler seu post nem liguei o nome à pessoa... Por mais que o livro peque em alguns aspectos achei legal DEMAIS saber que Bradbury escreveu um suspense legal desses também. Acho tão difícil variar na escrita mesmo dentro de um mesmo estilo e ele aí, com tipo de livros tão diferentes publicados... Arrasou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Luly, isso é mesmo admirável! Inclusive ainda quero muito ler as outras obras dele <3

      Excluir
  11. A proposta do parque de diversões me intriga bastante! Mas você disse que às vezes a leitura pode se tornar um pouco maçante...me lembrou "O Circo Mecânico Tresaulti", uma história diferente, que se passa no cenário de um Circo, mas que dá tantas voltas que eu não consegui terminar a leitura até hoje (e eu estava super ansiosa para lê-lo).
    Estante da Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que chato isso! Não conhecia o livro, mas vou até procurar aqui. Também curto muito essa vibe de circo <3

      Excluir
  12. Adorei o título do livro, quando vi a referência ao parque de diversões me lembrei de um filme chamado Pague para entrar, reze para sair.
    Gostei da proposta da história, fiquei bem curiosa, vou fazer o teste das 50 primeiras páginas para ver se também acho maçante ou se ele me conquista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vou procurar esse filme! E faz esse teste mesmo, vale a pena <3

      Excluir
  13. Opaaa, fiquei curiosa com essa leitura. Estilo que gosto muito. Só com a sinopse viajei aqui e me senti dentro do livro já. Adoro isso!

    ResponderExcluir
  14. Muito legal o livro uhauhau mas o que mais me chamou a atenção foram as fotos do seu post, você mesmo que produz elas?

    Muito boa estética!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas! Como avisei no final do post, usei o aplicativo picsart na produção de algumas das fotos. Fico feliz que tenha gostado do resultado!

      Excluir
  15. e essa capa maravilhosa, eu amei! muito bom essa abordagem, já quero!

    ResponderExcluir
  16. O livro parece ser muito legal e a capa é linda! Realmente, a cara do Halloween :D

    ResponderExcluir
  17. Além do livro parecer legal, o design dele é melhor ainda, muito lindo! <3

    ResponderExcluir
  18. Eu sou suspeita ora falar do gênero do livro. Amo terror s todas as histórias de suspense, investigação, segredos, etc. Eu não conheço este livro ainda, mas já ouvi sobre o autor e, de fato, pelo que sei ele é muito bom. Pena que vc achou uma leitura maçante... Isso as vezes acontece.
    Mas, em todo caso, parabéns pela resenha! Ficou excelente!

    ResponderExcluir
  19. Até eu colocaria muita expectativa, Fahrenheit 451 é um clássico! Uma pena que essa leitura se tornou massante, mesmo a história parecendo muito interessante. Adorei a capa do livro

    ResponderExcluir

Postar um comentário