Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Todas as suas (im)perfeições (Colleen Hoover)

No ano passado recebi este livro da Galera Record e finalmente li a minha primeira obra da Colleen Hoover. Fazia tempo que eu estava curiosa sobre a escrita da autora, principalmente por ver tanta gente elogiando as suas obras e por seu nome estar sempre nas listas de mais vendidos. Comecei a ler sem saber muito o que esperar, e o livro acabou me surpreendendo positivamente.

todas as suas (im)perfeicoes

SINOPSE

Uma história de amor perfeita é suficiente para manter vivo o casamento entre duas pessoas imperfeitas? Quando a dança começa, a sincronia é perfeita, os passos seguem o ritmo, as mãos não se soltam, os olhos jamais se deixam. Mas a música pode acabar a qualquer momento... É possível valsar no silêncio? Quinn e Graham se conhecem no pior dia de suas vidas; ela chega mais cedo de uma viagem para surpreender o noivo, ele testemunha a traição da namorada. E é assim que ambos acabam no corredor de um prédio, trocando confidências, biscoitos da sorte e palavras de conforto. Fim da dança... se o destino não tivesse outros planos para os dois. Meses mais tarde, os acordes tocam para o casal mais uma vez e eles se reencontram. Graham está convencido de que são almas gêmeas. Quinn jamais se sentiu dessa forma antes. A intensidade do sentimento os assusta, mas, ainda assim, eles mergulham de cabeça.O casamento é tudo o que sonhavam, a parceria perfeita. Mesmo nos momentos difíceis, sabem que podem contar com o outro. Nenhum deles desiste do amor que sentem. Até que a primeira nota dissonante abala a sinfonia do casal. Quinn parece estar disposta a trocar tudo o que é pela única coisa que não consegue ser: mãe.

todas as suas (im)perfeicoes

O livro conta a história de Quinn e Graham, numa linha do tempo que transita entre o presente e o passado do casal, desde o dia em que se conheceram. O romance dos dois começou da maneira bem inusitada, e a paixão que os envolveu no início do relacionamento é bem diferente da realidade do casal no tempo presente, onde estão passando por uma difícil crise.
Não percebi que sua tristeza o consumia ainda mais que de costume. É provável que eu não tenha notado por que a tristeza é como uma teia de aranha. Você não a vê até ser capturado por ela e então precisa lutar para se libertar." p. 137
O livro é escrito sob a perspectiva de Quinn, o que torna a história bem parcial. Entretanto achei essa uma escolha inteligente, pois é legal ficar na curiosidade sobre o que o Granham pensa junto com a protagonista. É um livro que fala ao mesmo tempo sobre amor juvenil e sobre casamento, tendo como foco o mesmo casal. Toda essa jogada tornou a leitura bastante interessante.

LEIA TAMBÉM: Anexos (Rainbow Rowell)

todas as suas (im)perfeicoes

Acho que uma grande reflexão que este livro traz é: o amor é suficiente para manter um relacionamento? Pensei nisso durante toda a trama, principalmente nos capítulos sobre o casamento dos dois. Fiquei aflita muitas vezes, pois sabendo do passado dos dois podia ter certeza de que eles se amavam. Mas será que o amor dos dois seria capaz de superar todas as outras dificuldades?
Olho para a minha aliança de casamento e mexo nela com o polegar, girando-a em um círculo contínuo ao redor do meu dedo. Quando Graham a comprou, disse que o joalheiro lhe explicou que a aliança é um símbolo do amor eterno. Um laço infinito. O começo se torna o meio, e jamais deveria existir um fim. Mas o joalheiro nunca disse, em nenhum momento, que o anel simbolizava eterna felicidade. Apenas eterno amor. O problema? Amor e felicidade não são coincidentes. Um pode existir sem o outro." p. 23 
Outro tema importante que o livro discute é a maternidade - ou no caso, a ausência dela. Já li algumas histórias que retratam mulheres que não podem ter filhos e talvez este até seja um clichê num romance que retrata problemas no casamento, mas ainda assim gostei da introdução deste elemento no enredo. Colleen Hoover com certeza fez uma boa escolha.

todas as suas (im)perfeicoes

E falando na autora, gostaria de dizer que ela superou as minhas expectativas! Adorei a forma como ela escreve e com certeza vou ler outros livros dela no futuro. Mas sobre este livro em especial, só uma coisa me deixou um pouco confusa: o fato de ser sido publicado no selo jovem do Grupo Editorial Record. Sinto que a obra é mais adequada para um público mais velho, no mínimo +16, e o enredo contém várias cenas quentes do casal.
É isso galera! Me contem nos comentários se vocês já leram ou querem ler alguma obra da Colleen Hoover. Eu vou adorar saber!


ISBN: 978-85-01-11768-7
Editora: Galera Record
Nota: 5/5 ⭐

20 Comentários

  1. O enredo parece bem interessante. Fiquei bem curiosa e interessada na história. Vou lê com certeza👏🏼👏🏼♥️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo! A senhora vai amar <3 Pode pegar emprestado na minha estante :)

      Excluir
  2. Curiosamente à uns tempos atrás pensei bastante nessa pergunta que diz que é reflexão que livro traz, ou seja, “o amor é suficiente para manter um relacionamento?”. Na minha opinião acho que não. Sem respeito e lealdade de nada serve o amor. Embora este não seja o meu tipo de livro devo confessar que a sua resenha me deixou bastante curioso. Acho que é por ser o tipo de história que eu gostaria de ter vivido, ou quem sabe ainda viver um dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca é tarde para viver algo intenso assim! Concordo que respeito e lealdade são super necessários para manter um relacionamento. O amor é só uma parcela disso!

      Excluir
  3. Uau! Achei o tema bem reflexivo. Fiquei curiosa para ler esse livro, só com essa breve descrição! Com certeza foi pra minha lista de livros de 2020 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que o livro foi pra sua lista <3 Se tiver a chance de ler, me fala!

      Excluir
  4. Tenho muita curiosidade na história dessa autora. Já li várias resenhas ótimas sobre seus livros, mais até agora não li. Nem sei o porquê.
    Tenho esse livro no meu tablet e já vou por ele na minha lista de leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sei por que demorei tanto pra ler algo dela. Aproveita que já tem o e-book e lê logo! É muito bom <3

      Excluir
  5. Já li dois ou três livros da Colleen Hoover, gosto da escrita dela, mas sempre tem uma ou outra coisinha que não me desce nas histórias. Acho que por isso, abandonei as leituras da autora faz um tempo. Apesar disso, gostei muito da tua resenha, e fiquei até curiosa pra saber mais da história!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo! Isso já aconteceu comigo em relação a outros autores. Mas pra a minha primeira experiência com a autora, esse livro me surpreendeu positivamente!

      Excluir
  6. Gostei bastante, fiquei interessada em ler toda a historia.

    Já foi pra lista de livros pra ler...


    Beijos de luz <3

    ResponderExcluir
  7. Quando abri sua postagem, imaginei que seria um livro de autoajuda, sério (haahhaha)! Mas entrando e lendo a sinopse e sua opinião, eu gostei demaisssss! Assim, gosto de romances e histórias bem leves, normalmente quando é mais violento ou de teor mais "adulto", não costumo curtir não. Porém, este me chamou atenção. Creio que deve nos fazer refletir bastante!
    Beijinhos!
    Meu blog- garotastarfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o livro não chega a ser uma leitura suuper leve, mas tá longe de ser "violento". Acho que você iria gostar! Me fez refletir bastante mesmo <3

      Excluir
  8. Ainda não tinha visto esse livro, mas já encontro-me completamente apaixonada por ele. Pela sua resenha, a história parece mesmo ser muito boa e fiquei interessada em saber como essa história acaba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai que amor <3 se tiver a chance de ler, me conta depois o que achou!

      Excluir
  9. Gostei da resenha! A história parece ser bem bacana apesar de me soar meio clichê mesmo. Esse questionamento de se só o amor basta, é algo de quebrar a cabeça mesmo, né?

    ResponderExcluir
  10. Sua resenha foi muito bem escrita, porem esse não é o tipo de livro que eu gosto e costumo ler

    ResponderExcluir
  11. Menina, sabe que durante sua resenha acabei me questionando também POR QUE esse livro foi publicado pela Galera? Sei lá, me parece uma temática mais densa, pensar em crises conjugais e tentativas frustradas de engravidar, e com você falando que tem cenas de sexo... Vai entender, né?

    Eu gostei MUITO da proposta do livro de um modo geral. Tenho dificuldade de achar bons livros de romance em que as personagens têm idade próxima à minha e que não soam forçados, sei lá! Esse me parece ser uma boa possibilidade, parabéns e obrigada por essa resenha!

    ResponderExcluir

Postar um comentário