Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Arrancada do meu mundo (C. C. Hunter)

Quarentena tem disso, né? A gente passa uns dias sendo bem produtiva, mas do nada bate uma bad e não conseguimos fazer nada além de assistir séries, comer e dormir. Foi o que rolou nas últimas semanas - pra ser bem sincera, eu cheguei a trabalhar bastante sim, afinal sou professora; mas para além das minhas obrigações, não fiz nada de produtivo - e por isso fiquei um tanto sumida daqui do blog. Mas cá estou eu de volta para trazer a resenha de uma leitura que foi beeem surpreendente, e que estou louca pra recomendar para vocês.

arrancada do meu mundo

SINOPSE

Esta nova obra de C. C Hunter traz como personagem principal Chloe, uma adolescente cujos pais estão recém separados. Ela tinha 3 anos de idade quando foi adotada pela feliz família Holden. Agora, catorze anos depois, o casamento dos pais se desfez. Tudo que Chloe mais amava na vida ficou para trás e, só para piorar as coisas, a mudança com a mãe para a antiga casa da avó, faz com que ela passe a ser assombrada por estranhas lembranças de quando era pequena. Quando Chloe conhece Cash Colton, ela se sente atraída instantaneamente e descobre entre eles muitas afinidades. Até Cash contar o verdadeiro motivo pelo qual ele a procurou: Chloe é uma cópia exata da filha dos pais adotivos dele, a filha por quem ainda choram, e ele está determinado a descobrir a verdade.


livro arrancada do meu mundo

Chloe é uma garota cujo os pais adotivos se divorciaram recentemente. Sua mãe enfrentou um câncer enquanto o seu pai se casou com uma garota mais nova. Agora Chloe precisa se adaptar em uma nova cidade, além de lidar com as outras mudanças em sua vida.

Será que, na realidade, é apenas disso que se trata a vida? Borrões coloridos? Uma colagem de momentos efêmeros, em diferentes tons e matizes de emoção? Momentos em que você está feliz, triste, com raiva, com medo, aqueles em que você está apenas fingindo." p. 20
Cash é um adolescente que vive em um lar temporário, após ter tido uma infância conturbada com um pai golpista. Ele gosta de seus pais adotivos, e é por isso que fica muito afetado quando encontra Chloe - uma garota que parece muito com a filha desaparecida dos Füller, Emily. Sua primeira suspeita é a de que ela esteja ali para aplicar um golpe neles, já que ele mesmo já praticou algo assim junto ao seu falecido pai. Logo Cash se aproxima de Chloe em busca de respostas, e vamos junto com ele tentando desvendar a verdade sobre o passado dela. 

Eu sempre disse a mim mesma que não importava que ela tivesse desistido de mim, mas o abandono sempre esteve ali, me assombrando, roubando a felicidade do meu coração. Sempre me fazendo perguntar o que havia de errado comigo." p. 130

arrancada do meu mundo

Este livro não me ganhou logo de cara. Em seus primeiros capítulos não consegui me conectar muito bem à escrita da C. C. Hunter, que trazia uns clichês bem toscos e frases do tipo "eu apostaria o meu sutiã que...", coisa que me fez torcer o nariz. Mas logo ela foi abandonando essas figuras de linguagem e a trama começou a ficar interessante, afinal a sua premissa já traz um mistério que qualquer um quer descobrir. 

Engraçado como nosso próprio passado passa rápido, como se ele pertencesse a outra pessoa." p. 350
Além de ter um segredo que nos instiga a querer ler mais, o enredo apresenta também alguns elementos que me foram interessantes, como todo o contexto de "garota nova da escola" em que a Chloe está inserida. Eu amo histórias assim, e gostei bastante dos personagens. A mãe adotiva de Chloe é particularmente difícil, pois o câncer e o divórcio a deixaram um tanto amargurada, mas ainda assim consegui gostar dela também. 

cc hunter

Da metade para o final o livro se torna quase um thriller, tendo várias cenas tensas e um ritmo frenético, e a leveza fica apenas por conta das eventuais cenas de romance. Eu curti bastante o desenvolvimento da trama e o seu desfecho, que conseguiu ser bem redondinho. É um bom livro para quem está buscando um romance que fale sobre o descobrimento de um personagem sobre si mesmo, afinal todo o suspense sobre o passado da Chloe traz também reflexões sobre a sua própria identidade. A leitura é fluída e divertida, e foi uma ótima chance de conhecer o trabalho da C. C. Hunter.


ISBN: 978-85-5539-151-4
Editora: Jangada
Nota: 3,5/5 ⭐

*este livro foi enviado pela editora em troca de uma opinião sincera*

6 Comentários

  1. Olá!
    Tudo bem?

    Realmente a quarentena me deixou bem produtiva no começo, depois de um tempo, esse mês para ser mais sincera fiquei numa bad também, só queria dormir. Mas, aos pouquinhos vamos voltando ao normal. Mas, a vida tem que seguir.
    Criei uma nova rotina e estou tentando segui-la, um dia de cada vez.
    Quanto a sua leitura eu fiquei empolgada, gostei da premissa e amei a sua resenha. Estou quase não completando a minha meta de não com e comprando esse
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie! Eu também sou professora e se você teve a mesma quantidade de trabalho que eu, então seu mês foi muito produtivo e cansativo também, por isso, não se cobre tanto por não ter produzido fora das suas obrigações, alguns dias conseguimos em outros não.
    Sobre o livro indicado, eu nunca tinha lido nada sobre ele e acabei ficando curiosa para saber mais, as vezes quero um livro mais leve e com muito clichê para descansar a mente, de tantas leituras obrigatórias. Vou anotar sua dica!

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  3. Ahh, esse livro super me interessou! Amei a sinopse, e gostei de saber que ele acaba se tornando um thriller, pois eu amo esse gênero!
    Valeu a indicação <3

    ResponderExcluir
  4. Gente que livro! Nunca li trhiller mas fiquei curiosa demaisss, pus na minha lista de leituras :)

    ResponderExcluir
  5. Genteeee que sinopse mais intrigante esse viu? Fiquei bastante interessada em ler agora haha.
    O que vc falou no começo amiga é real viu? Tbm fiquei alguns dias assim desse jeito me sentindo improdutiva e logo agora perdi o emprego, mas nada que tirar uns dias pra gente dar uma respirada resolva (:

    Diário de uma desastrada

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu amei que só pela resenha eu percebi que o livro dá várias voltas, porque começa com a separação dos pais e termina com o thriller hahaha. Adorei! Não conhecia a autora, e embora não seja exatamente o estilo de livro que eu costumo ler, fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário