Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Daqui a cinco anos (Rebecca Serle)

No mês de junho tive uma experiência singular de leitura conjunta em parceria com a Companhia das Letras. Esta experiência resultou em uma reunião online muito legal junto com a equipe que cuidou do livro Daqui a cinco anos e também vários outros parceiros da editora! Após refletir bastante sobre essa obra que devorei em poucos dias, vim aqui compartilhar a minha opinião sobre o romance da Rebecca Serle.

daqui a cinco anos

SINOPSE

Onde você se vê daqui a cinco anos? Dannie Kohan sabe exatamente o futuro que deseja e o que deve fazer para conquistá-lo. Depois de arrasar na entrevista para seu emprego dos sonhos em um dos maiores escritórios de advocacia de Nova York e de ser pedida em casamento pelo namorado, ela vai dormir com a certeza de que está no caminho certo para realizar todos os seus planos. 
Quando acorda, entretanto, ela está em um apartamento diferente, com outro anel de noivado no dedo e um homem que nunca viu antes ao seu lado. A televisão mostra que é a mesma noite — 15 de dezembro —, mas cinco anos no futuro. 
Depois de uma hora intensa e chocante nesse cenário, Dannie acorda de novo, de volta ao presente, como se nada tivesse acontecido. Profundamente abalada e sem entender o que houve, ela decide acreditar que foi apenas um sonho, por mais realista que tenha sido. E parece funcionar. Isto é, até quatro anos e meio depois, quando Dannie encontra o homem que viu naquela noite inusitada. 
Ao mesmo tempo divertida e emocionante, Daqui a cinco anos é uma história sobre lealdade, amor, amizade e a natureza imprevisível do futuro.


daqui a cinco anos

O livro é escrito na primeira pessoa sob o ponto de vista da protagonista Dannie, uma jovem advogada, prestes a ficar noiva, que tem toda a vida planejada e calcula friamente cada uma de suas decisões. Tudo muda quando, sem nenhuma explicação, Dannie acorda 5 anos no futuro num apartamento desconhecido, com um namorado desconhecido: Aaron. Eles passam parte da noite juntos e, ao acordar, Dannie está de volta ao presente.

Ser a primeira a acordar é uma coisa preciosa para mim. Sinto que já realizei alguma coisa antes mesmo de tomar a primeira xícara de café."

Logo de início eu gostei bastante da personalidade metódica da Dannie. Porém, com toda essa loucura que aconteceu, ela acaba mudando um pouco - o que mostra que a vida nem sempre segue o rumo que planejamos ou que gostaríamos que seguisse. Anos depois os planos de Dannie não se concretizaram totalmente - ela ainda não se casou com Daniel, seu noivo, e logo ela descobre que o cara daquele seu vislumbre do futuro existe e que, para completar, é o novo namorado de sua melhor amiga, Bella. 


Apesar de no início a trama ser centrada nessa experiência louca sofrida pela Dannie, o foco acaba se dividindo também entre a sua amizade com Bella. A amiga de infância da protagonista se torna extremamente importante para a trama, sendo também uma personagem bastante interessante. Ela é praticamente o oposto de Dannie, e acaba sendo responsável por contrastar os pensamentos da amiga sobre a vida. Bella é um espírito livre, uma jovem artista que, mesmo sendo privilegiada por possuir pais abastados, tem também os seus traumas. A própria Dannie, por outro lado, é um tanto egoísta em alguns momentos, o que pode para alguns ser justificado pelo fato de ela ter perdido um irmão na infância, fato não tão desenvolvido na história mas que com certeza é importante para que Dannie seja quem ela é. 

citacao daqui a cinco anos

O livro é uma constante quebra de expectativa. Alguns pontos parecem ter sido deixados em aberto para serem preenchidos pela própria percepção do leitor, e uma vez que ele é escrito em primeira pessoa, ficamos apenas imaginando o que se passa na cabeça dos outros personagens. Gostei bastante da ambientação da obra em Nova York, e o livro cita diversas referências legais de restaurantes, lojas e marcas. Alguns leitores disseram ter ficado incomodados com o excesso de descrições, mas no meu caso senti que tudo fluiu muito bem. 
Eu particularmente gostei de como o final se desenrolou, mas o que me incomodaram foram alguns clichês presentes na história. Sinto que o livro já tinha potencial suficiente sem inserir o "plot do irmão morto", por exemplo, que já é tão utilizado em livros do gênero e nesse ficou meio perdido ali. Mas vale a leitura para você tirar suas próprias conclusões! Recomendo para quem procura um romance que fale sobre diversas formas de amor, além de te proporcionar também reflexões sobre o que deve ser prioridade em sua vida, de uma forma surpreendente e única.


ISBN: 978-85-8439-173-8
Editora: Paralela 
Nota: 4/5 ⭐

15 Comentários

  1. Oi, Malu.
    Confesso que a obra não foi tão positiva pra mim, argumentei os motivos lá no clube. Mas, ao contrário de ti, vejo o irmão só como cenário muito de fundo para a personalidade da Dannie e acaba que a superficialidade da situação e o clichê não me incomodam por isso. É clichê? Sim, mas acontece.

    Curti suas considerações. ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super te entendo, Camille! Fico feliz que tenha gostado da resenha <3

      Excluir
  2. Gostei do tema para a criação do livro, quanto mais realistico mais faz com que a gente se sinta fazendo parte da história. Acho que poder viver por 5 minutos algo do futuro seria bom pra gente ter ideia do que nos espera, um tanto estranho. Os detalhes pra mim são muito importante porque faz com que a gente veja com o olhos da personagem e com isso acabamos ficando preso na história. Pena que só tem ele digital, iria amar ter o livro em mãos ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que o livro físico já esteja sendo lançado! Acho que a história acaba não sendo tão realística por envolver uma viagem no tempo, mas gostei de como a experiência foi retratada. E os outros temas abordados são mesmo bem reais!

      Excluir
  3. Gostei da sua perspectiva sobre o livro e mesmo não sendo um tema habitual de leitura, senti a curiosidade sobre o livro após ler seu post.
    Já vou anotar na lista.

    beijos de luz!

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha visto um post sobre esse livro no seu instagram e de cara já fiquei super interessada. Agora lendo a resenha, fiquei mais ainda! Amei essa proposta de enredo, acho que nunca li um livro assim, e eu amo histórias que deixam alguns pontos em aberto para "preenchermos" como quisermos!

    ResponderExcluir
  5. Olá lendo seu post eu achei interessante, bem estilo de livro que gosto de ler.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia este romance, eu imaginei um filme desse livro.
    Ótima resenha, fiquei com vontade de ler.
    Abraços.
    Cintia - Coisinhas da Kika

    ResponderExcluir
  7. Olá, como vai? Eu li uma resenha sobre esse livro em outro blog mas, lembro de ter visto a chamada para uma LC dele, que eu não pude participar na época. Apesar de ter gostado da sua resenha e ter achado ela bem escrita, eu não fiquei interessada na história do livro, porque, não sou uma grande leitora de romances, tenho grandes dificuldade para me conectar com a história e me importar com os personagens.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Admito que também tive essa dificuldade com outros romances, mas esse me prendeu por suas peculiaridades! Fico feliz que tenha gostado da resenha <3

      Excluir
  8. Meniiina, de um modo geral eu sou facilmente influenciável por resenhas positivas de livro, fico querendo ler tudo, mas esse em especial me deixou curiosa DEMAIS!!! Fiquei apavorada só de me imaginar acordando daqui 5 anos e depois voltando, e olha que não tenho nada realmente planejado no momento, hahaha! Achei interessante como a protagonista não é aquela mocinha perfeita, mas que tem seus defeitos deixados à mostra aqui e ali... No fim das contas, somos todos assim! Dica SUPER anotada, amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, eu também tenho esse problema de querer ler tudo! Depois me conta o que achou se tiver a chance de ler esse <3

      Excluir
  9. Que experiência bacana! Muito singular, mesmo! Deu pra ver que tu adorou!

    ResponderExcluir

Postar um comentário