Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Resenha: Blecaute (Marcelo Rubens Paiva)

Acredito que todo mundo já se pegou pensando ao menos uma vez na vida como seria se todo mundo do mundo desaparecesse. Até a Rihanna lançou Only girl (in the world), com aquele clipe lá da era do cabelo vermelho. Essa ideia faz parte do nosso imaginário, mas e se isso realmente acontecesse, como ia ser? É basicamente o que rola em Blecaute, livro do brasileiro Marcelo Rubens Paiva.

capa blecaute marcelo rubens paiva nova edicao

SINOPSE


Ao voltar de uma viagem, três jovens descobrem que são os únicos sobreviventes de uma estranha catástrofe que atingiu São Paulo.
A cidade está deserta: as pessoas ficaram imóveis, como se tivessem sido congeladas no tempo. Os carros ocupam as avenidas, os alimentos apodrecem nos supermercados, os telefones estão mudos. O alcance do acidente é global, e o estranhamento inicial dá lugar à solidão. Depois, aos desentendimentos, que podem levar à violência. Em Blecaute, segundo romance de Marcelo Rubens Paiva, ele nos leva a um mundo estranho, numa narrativa impactante, irresistível, sobre o fim dos tempos.


folha de rosto blecaute marcelo rubens paiva

Este é o cenário: o narrador Rindu e seus dois amigos Mário e Martina vão para uma expedição em uma caverna, ficam presos lá após uma enxurrada e, passados alguns dias, conseguem sair de lá. Mas desde a estrada o cenário já está diferente: carros parados, com motoristas "endurecidos", como estátuas. Chegando em São Paulo o terror apenas se agrava, com ruas desertas, a não ser por alguns eventuais animais de rua. Em casas e estabelecimentos, mais corpos duros, sem sinal de vida. Restaram só eles três.

Através de pensamentos e flashbacks de Rindu, vamos descobrindo a respeito de sua relação com Mário, que é seu amigo desde a infância, e Martina, que é recém chegada à vida deles e está em um relacionamento enrolado com Mário. Os três são universitários, imaturos e com visões diferentes de como agir nesta situação. As perguntas não param: o que diabos aconteceu? Será que o mundo todo está assim? Uma hora tudo vai voltar ao normal? Independente de qualquer coisa, os três precisam descobrir uma forma de continuar vivendo.

LEIA TAMBÉM: Oryx e Crake (Margaret Atwood)

citacao livro blecaute

Esta nova realidade faz com que os amigos reflitam bastante acerca da sociedade como um todo, que agora encontra-se destituída. Sob o ponto de vista de Rindu, vivenciamos alguns embates internos que são convenientes para serem discutidos até mesmo hoje em dia, com o mundo assim do jeito que ele é. A nossa fragilidade e superficialidade como seres humanos e sociais são evidenciadas em suas reflexões naquela cidade vazia.

Imaginei que, se dali a 5 mil anos existisse uma outra civilização, ainda haveria excursões de turistas curiosos em conhecer as várias etapas da raça humana. Primeiro visitariam as misteriosas pirâmides do Egito. O homem primitivo. Em seguida fariam visitas aos shopping centers, para conhecer o auge de uma sociedade "arcaica", quando um curiosos papel chamado "dinheiro" determinava o que o cidadão da época poderia ter ou não ter." p. 27

Com o passar do tempo, o tédio passa a consumir a vida dos personagens, e preciso dizer que ele acabou por me consumir como leitora também. Apesar de considerar o plot interessante, não achei que ele trouxe real profundidade, ficando preso às percepções do Rindu e as excessivas histórias de seu passado. Acredito que o leitor conhecedor de São Paulo possa se relacionar melhor com o enredo, já que ele nomeia muitas ruas e pontos da cidade, o que deve trazer uma visão mais interessante para a obra. Porém, para mim, faltou ação. Não que eu esperasse que muita coisa fosse acontecer num contexto feito por apenas três pessoas, mas considero que a premissa por si só dava muito mais pano pra manga. 

autor marcelo rubens paiva

No geral, esta é uma história capaz de entreter um leitor ávido por narrativas jovens e pautadas por boas discussões. Levei o livro comigo em uma viagem para a praia e foi uma companhia satisfatória, que proporcionou até algumas risadas. É um livro curto, de pouco mais de 200 páginas, e que me deixou curiosa por outras obras do tão comentado Marcelo Rubens Paiva. Feliz ano velho provavelmente será o próximo. 

COMPRE AQUI: BLECAUTE

ISBN: 978-85-5652-101-9

Editora: Alfaguara

Nota: 3/5⭐

1 Comentários

  1. Só li Feliz ano velho do Marcelo Rubens Paiva...Adorei a história desse livro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário