Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Blitz Literária: leituras, lançamentos e indicações para janeiro de 2021

Primeira blitz do anooo! Eita que eu tava sumida com esses posts, hein? O último foi em setembro de 2020. De lá pra cá muita coisa interessante rolou no meio literário, mas o foco de hoje vai ser no que há de mais recente e incrível mesmo, o cremè de lá crème. Estão prontos? 

blitz literaria livros e cafe

LEITURAS, LANÇAMENTOS E RELANÇAMENTOS 


Os últimos meses trouxeram muitas novas obras ao mercado literário, e algumas já conhecidas e aclamadas pelo público também ganharam novas edições. O destaque fica para os livros de George Orwell, que após terem caído em domínio público ganharam inúmeras novas cópias. Têm pra todos os gostos: capa dura pela Nova Fronteirailustrada pela Antofágica, edição especial pela Companhia das Letras e muitas outras edições mais simples por incontáveis editoras. 

Outras obras também ganharam novas edições recentemente, como as já resenhadas aqui no blog Blecaute, do Marcelo Rubens Paiva, e também Eleanor & Park e Fangirl, ambas da autora Rainbow Rowell. Pela Paz e Terra, saiu recentemente um box em edição especial com obras de Michael Foucault, intitulado "História da Sexualidade", que reúne as obras A vontade do saber, O uso dos prazeres, O cuidado de si e As confissões da carne. Também é possível adquirir os volumes separadamente. 

No último mês tive a chance de ler a prova antecipada de um dos livros mais esperados para 2021 pela Paralela: O impulso, da autora canadense Ashley Audrain. Apresentado como a leitura perfeita para os amantes de obras como Garota Exemplar e Precisamos falar sobre o Kevin, o livro é um drama familiar com toques de thriller. A resenha chega no blog logo mais, mas já posso adiantar que curti bastante esta leitura. 

Pela Todavia, 2 livros tem recebido destaque recentemente, não só por suas premissas interessantes, mas também pelo trabalho gráfico de suas capas. São eles A estrangeira, da americana Claudia Durastanti, e Menino de Ouro, de Claire Adam, natural de Trinidad e Tobago. 

UMA SÉRIE SOBRE ROUBOS (E SOBRE LIVROS)


Vez ou outra gosto de indicar séries e filmes por aqui, e a mais recente relacionada à literatura que assisti foi Lupin, lançada recentemente na Netflix e que tem sido muito comentada nas redes. Na série acompanhamos Assane, um homem negro adulto original de Senegal, mas que vive na França desde a infância. Sua vida vira de cabeça para baixo quando o seu pai é acusado de um roubo na casa de seus patrões, e posteriormente é encontrado morto por suicídio em sua sela na prisão. Assane se vê sozinho no mundo, a não ser pela companhia de um grande amigo: um livro que o seu pai deixou de presente. A obra é "Àrsene Lupin, Ladrão de Casaca", do autor Maurice Leblanc. 

Protagonizada por Omar Sy, ator do filme Introcáveis, a série mostra a trajetória deste jovem que encontra em crimes uma forma de não apenas se sustentar, mas também vingar a morte do pai. A história do ladrão Lupin serve de grande inspiração para ele, que encontra no livro uma fonte de afetividade inesgotável. O próprio autor que o interpreta falou um pouco sobre a série e esta relação do personagem com o livro, em entrevista ao portal F5 da folha:
É sobre um órfão que encontra um pai em um livro". "Ele substitui seu pai verdadeiro por um personagem fictício, em um livro que seu pai --o verdadeiro-- deixou para ele", explica. "E é com esse legado, com essa ferramenta, que ele vai vingar o pai. Porque Lupin é muita gente: é uma criança que quer vingar o pai, mas também é um pai que tem que deixar de ser obcecado pelo próprio pai para ser pai! Enquanto é um ladrão cavalheiresco, é claro."

Ao todo, a série deve contar com 10 episódios. A primeira parte, composta por 5 destes, está disponível na Netflix.  

RESENHISTAS: CONHEÇAM O NETGALLEY


Talvez alguns de vocês até já saibam do que eu estou falando, mas não custa nada trazer esta informação. O Netgalley é um portal que reúne diversas editoras do mundo todo, e permite que resenhistas solicitem ebooks em troca de uma resenha sincera. Qualquer um pode se cadastrar lá e fazer a sua solicitação das obras disponíveis, mas o aceite fica a critério das editoras, é claro. É um bom lugar para ter contato com lançamentos, já que eles são a prioridade da divulgação das editoras. A maioria das obras disponíveis são em inglês, mas algumas editoras brasileiras como a Companhia das Letras já estão disponibilizando obras por lá também. Vale a pena ficar ligado!
 

E A META DO GOODREADS, JÁ DEFINIU? 


Eu defini, mesmo tendo sido um fracasso no ano passado. Mas seja no goodreads, no skoob ou mesmo num caderninho de leituras, acho legal esse exercício de definir uma meta de livros que se deseja ler naquele ano. O importante é não ficar pilhado com essa meta, e entender que o que vale mesmo é fazer boas leituras. Mas gosto de estimar uma quantidade média de obras que pretendo ler, e o que acho legal do Goodreads é que ele ajuda muito no acompanhamento dessas metas, indicando o seu ritmo de leitura e permitindo que você também faça contato com outros leitores. Caso tenha conta lá, clica aqui e me adiciona como amiga :) 

PRÊMIO SP DE LITERATURA


Admito que não sou muito ligada em premiações literárias - no máximo vejo quem venceu o Nobel de Literatura e pronto. Mas recentemente tenho me deparado com mais notícias sobre elas e passei a entender a importância de algumas para trazer visibilidade para autores, principalmente no âmbito nacional. Aqui no Brasil uma importante premiação é o Prêmio SP de Literatura, fornecido pelo Governo do Estado de São Paulo desde 2008. Apesar de levar o nome do estado, o prêmio compreende autores de todo o território nacional e estrangeiros de expressão portuguesa que tenham seus livros publicados dentro do território brasileiro.
O prêmio é dividido em três categorias: Melhor Livro do Ano, que paga R$ 200 mil ao romance ganhador de autores com outros livros publicados, e Melhores Livros do Ano – Autores Estreantes, sendo um prêmio de R$ 100 mil para o melhor livro escrito por autor estreante com até 40 anos de idade, e um outro de R$ 100 mil para autor estreante com mais de 40 anos.
A edição de 2020, que compreende obras publicadas em 2019, está para anunciar os seus vencedores no mês de março deste ano. Confira abaixo a lista de finalistas:

Melhor romance de ficção de 2019


- Adriana Lisboa, Todos os santos (Companhia das Letras)
- Claudia Lage, O corpo interminável (Record)
- Javier Contreras, Crocodilo (Companhia das Letras)
- João Anzanello Carrascoza, Elegia do irmão (Companhia das Letras)
- Joca Reiners Terron, A morte e o meteoro (Todavia)
- Julián Fuks, A ocupação (Companhia das Letras)
- Maria Valéria Rezende, Carta à rainha louca (Companhia das Letras)
- Milton Hatoum, Pontos de fuga (Companhia das Letras)
- Patrícia Melo, Mulheres empilhadas (Casa dos Mundos)
- Paulo Scott, Marrom e amarelo (Companhia das Letras)

Melhor romance de ficção de estreia de 2019

- Carol Rodrigues, O melindre nos dentes da Besta (7Letras)
- Davi Boaventura, Mônica vai jantar (Dublinense)
- Felipe Holloway, O legado de nossa miséria (Record)
- Gabriela Aguerre, O quarto branco (Todavia)
- José Rezende Jr., A cidade inexistente (7 Letras)
- Lucila Losito Mantovani, Com o corpo inteiro (Pólen Livros)
- Marcelo Labes, Paraízo-Paraguay (Caiaponte)
- Miguel del Castillo, Cancún (Companhia das Letras)
- Natalia Borges Polesso, Controle (Companhia das Letras)
- Ricardo da Costa Aguiar, Das terras bárbaras (Alaúde)

Na lista há várias obras que me chamaram a atenção, e uma delas eu já tive a chance de ler: "Mônica vai jantar", do autor estreante Davi Boaventura. Comentei sobre o livro lá no Instagram e estou torcendo para o Davi em sua categoria do prêmio. 

***

Espero que tenham gostado dessa blitz literária, que poderia conter muuuito mais coisa legal que não cabe na tela. Me contem nos comentários qual novidade te animou mais ou compartilha alguma que você não encontrou aqui e acha relevante! Vou adorar saber 💛

10 Comentários

  1. Adorei essa blitz literária!

    Quero muito assistir Lupin junto com a minha irmã, só precisamos encontrar um dia para que nós duas consigamos maratonar juntas.

    Amei saber do NetGalley, já salvei aqui nos favoritos para poder ver direitinho depois!

    Estante da Pipoca | @estantedapipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima série para maratonar em algumas horas com alguém! Eu vi com o meu namorado e amei <3 Espero que goste do netgalley!

      Excluir
  2. Nossa que interessante... conheço alguns que estão concorrendo.. muita gente talentosa. Fiquei curiosa para ler esse "Com o corpo inteiro", parece muito bom!
    Adorei esse post.

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei dias pensando porque as editoras resolveram publicar vários edições dos livros do George Orwell que já tinham edições no Brasil, sendo que ele tem várias obras que não foram traduzidas e publicadas aqui? Sinceramente, eu achei sem sentido tantas edições das mesmas histórias. Estou aguardando um tempinho para assistir Lupin com meu esposo, tenho certeza que vamos amar.


    Viviane Almeida
    https://resenhasdaviviane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Viviane, concordo que deveriam investir em outras obras do autor também! Quero muito ter mais Orwell na estante <3

      Excluir
  4. Adoro blitz literária! Estou gostando de ver as novas edições de George Orwell e até me animando para ler algo dele. Não consegui ainda sempre deixo passar! Fiquei vidrada em Lupin, me tirou mesmo o sono e fiquei brava porque acabou muito rápido! kkk. Mas fazer o quê né?

    Ansiosa pela próxima blitz!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo muito que comece com A revolução dos bichos, é um ótimo livro e dá pra ler rapidinho! Quanto a Lupin, tô louca pra que os episódios novos cheguem logo <3

      Excluir
  5. Adorei! Gosto demais do Omar Sy como ator e fiquei interessada na série. :)
    Ano passado é que comecei a ficar ligada em prêmios de literatura. Talvez eu até crie coragem e venha a inscrever algum livro meu de poemas nalgum destes prêmios. ;)
    Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inscreve mesmo um dos seus livros, não custa nada tentar! <3

      Excluir

Postar um comentário