Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

3 livros para quem quer começar a ler thrillers

Acho que até 2018 eu não sabia nada sobre thrillers, a não ser que o gênero era também o nome de uma música do Michael Jackson 😅 #RIP

Mas sendo eu uma blogueira literária, sempre ficava curiosa para ler algo do gênero quando eu via resenhas e comentários positivos em outros perfis. Foi aí que comecei a ler thrillers e desde então não parei mais, tendo esse se tornado um dos meus gêneros favoritos! Mas se assim como a Malu lá de 2018 você não sabe por onde começar, vim te indicar 3 livros que são ótimas opções para trilhar esse caminho. 

livros para quem quer comecar a ler thrillers

Mas calma aí... o que é um thriller? 


O thriller é um tipo específico de suspense que geralmente apresenta um ritmo mais rápido, com bastante tensão e os famosos plot twists, que são aquelas reviravoltas que deixam o leitor de queixo caído. Também é comum que o thriller envolva algum crime e investigação policial, mas não há uma regra e dentro do próprio gênero também existem subgêneros com características próprias. 
Agora vamo lá pra as minhas indicações! 

Garota Exemplar


SINOPSE: O livro começa no dia do quinto aniversário de casamento de Nick e Amy Dunne, quando a linda e inteligente esposa de Nick desaparece da casa deles às margens do rio Mississippi. Sinais indicam que se trata de um sequestro violento e Nick rapidamente se torna o principal suspeito. Sob pressão da polícia, da mídia e dos ferozmente amorosos pais de Amy, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamento inapropriado. Ele é evasivo e amargo — mas seria um assassino? Ao mesmo tempo, passagensdo diário de Amy revelam um casamento tumultuado — mas ela estaria contando toda a história?
Alternando entre os pontos de vista de Nick e Amy, Flynn cria uma aura de dúvidas em que o cenário muda a cada capítulo. À medida que as revelações surgem, fica claro que, se existe alguma verdade nos discursos de Nick e Amy, ela é mais sombria, distorcida e assustadora do que podemos imaginar. Magistralmente bem construído do início ao fim, Garota exemplar é um daqueles livros impossíveis de largar e sobre o qual se quer debater assim que a leitura termina.


Por que eu indico: Esse foi, que eu me lembre, o primeiro thriller que eu li. Foi sensacional por que eu não sabia nada sobre a história e fui totalmente pega de surpresa pelo enredo. O livro ficou tão popular que foi adaptado para o cinema, e a Gillian Flynn se tornou uma das autoras mais consagradas do gênero. Tem resenha completa do livro aqui no blog

A Corrente


SINOPSE: Vítima. Sobrevivente. Sequestrador. Criminoso. Você vai se tornar cada um deles.O dia começa como qualquer outro. Rachel Klein deixa no ponto de ônibus a filha de 13 anos, Kylie, e segue sua rotina. Mas o telefonema de um número desconhecido muda tudo. Do outro lado, uma voz de mulher avisa que Kylie está no banco de trás de seu carro, e que Rachel só verá a filha de novo se pagar um resgate - e sequestrar outra criança.Assim como Rachel, a mulher no telefone é mãe, também teve o filho sequestrado e, se Rachel não fizer exatamente o que ela manda, o menino morre, e Kylie também. Agora Rachel faz parte da Corrente, um esquema aterrorizante que transforma os pais das vítimas em criminosos - e, ao mesmo tempo, deixa alguém muito rico. A Corrente é implacável, apavorante e totalmente anônima. As regras são simples: entregar o valor exigido, escolher outra vítima e cometer um ato abominável do qual, apenas vinte e quatro horas antes, você se julgaria incapaz.


Por que eu indico: Sempre recomendo esse livro pra quem quer algo que já comece te deixando curioso pelo resto da história. Desde a primeira página esse livro é tenso, e é daqueles que não dá pra parar de ler até terminar. Inclusive considero uma ótima leitura pra sair de uma ressaca literária, pois vai te prender rapidinho. Clica aqui e confere a resenha. 

A garota no trem 


SINOPSE: Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio por galpões, caixas d'água, pontes, casebres e aconchegantes casas vitorianas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes - a quem chama de Jess e Jason -, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess - na verdade Megan - está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.


Por que eu indico: Esse é o que chamam de um "thriller psicológico", pois ele é um pouco mais focado na construção dramática dos personagens, mas sempre com um ar de mistério. O ritmo também é menos frenético do que as duas indicações anteriores, o que pode agradar quem não curte enredos com muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. Por algum motivo nunca resenhei esse livro aqui no blog, mas recomendo bastante a leitura e ele também já foi adaptado para o cinema. 

E você, curte thrillers? Já leu algum desses livros? Me conta nos comentários e aproveita para deixar a sua recomendação do gênero, se tiver 💙

0 Comentários