Janela Literária

Resenhas e novidades sobre o universo dos livros.

Resenha: Garota A (Abigail Dean)

Desde o advento de Garota Exemplar, grande thriller da Gillian Flynn, vários autores vem tentando escrever outro livro do gênero que seja tão impactante e, na maioria das vezes, falham miseravelmente. Quando vi que a revista Elle UK havia descrito Garota A como "o melhor thriller desde Garota Exemplar", eu criei expectativas. Essa foi uma das minhas últimas leituras de 2021 e neste post irei revelar se as expectativas foram atendidas.

livro garota A

SINOPSE

Lex Gracie não quer pensar em sua família. Ela não quer pensar em como foi crescer na Casa dos Horrores. E não quer pensar em sua identidade como a Garota A, aquela que escapou, a que libertou o irmão mais velho e os quatro mais novos. É fácil evitar seus pais: o pai nunca saiu da Casa dos Horrores que ele mesmo criou, e a mãe passou o resto da vida atrás das grades. Mas, quando a mãe morre na prisão e deixa a casa da família para os filhos, Lex não pode mais fugir do passado. Com sua irmã Evie, Lex pretende transformar a Casa dos Horrores em um centro comunitário usado para fazer o bem. Mas primeiro ela precisa se reconciliar com seus irmãos ― e com a infância que eles compartilharam. O que começa como uma história eletrizante de fuga e sobrevivência se torna um envolvente drama psicológico sobre as alianças e traições entre irmãos ― e os segredos que eles guardam de si mesmos e uns dos outros.


CONTEXTO


No livro acompanhamos em primeira pessoa a Lex Gracie, uma jovem adulta marcada por um passado sombrio. Lex e seus irmãos foram submetidos a uma infância terrível de maus tratos, tendo sido aprisionados pelo próprio pai e negligenciados durante anos. A mãe deles foi conivente com tudo isso, e após o ciclo da Casa dos Horrores onde eles viviam ter se quebrado, ela foi presa. Agora, no presente desta história, a mãe está morta e Lex precisa lidar com toda a burocracia decorrente disto, que envolve entrar em contato com os irmãos de quem se afastou, já que ela foi escolhida como inventariante das posses da mãe. 

PRIMEIRAS IMPRESSÕES 


Achei que o livro é bem mais um drama familiar do que um thriller, mas eu gosto de dramas familiares. Entretanto há uma tentativa de ser mórbido, com toda a abordagem deste passado sombrio dos personagens, mas que não vai muito longe. O ritmo é um pouco lento, podendo ser cansativo em alguns trechos. Dá vontade de pular alguns parágrafos, sabe? E pra mim essa vontade é sempre um sinal de que não estou curtindo tanto a leitura. 
A mistura temporal é interessante, com todos os flashbacks da vida de Lex e seus irmãos. Isso cria uma expectativa no leitor de saber como aquelas crianças conseguiram sair daquela situação. Outro ponto interessante está na teia formada pelos irmãos, pois você lê tentando conectar todos eles e entender suas relações. 

PODE AGRADAR OS AMANTES DE TRUE CRIME


A história, mesmo que ficcional, remete a casos reais de pessoas que cresceram em cativeiro, e pode agradar os leitores de true crime. O livro também demonstra como problemas vão se acumulando e transformando o pai das crianças no grande fanático religioso e autoritário que ele se torna, pois isso não é algo que acontece de uma hora para a outra.
Tendo em vista as temáticas abordadas, é importante ficar atento aos possíveis gatilhos presentes na obra. Há muitas cenas de violência e o futuro da protagonista acaba sendo marcado por esses traumas também, que refletem em sua vida afetiva.

CONCLUSÕES


Achei que foi uma escolha inteligente a autora ter colocado o foco em uma personagem, pois ler essa trama apenas sob um ponto de vista nos deixa curiosos pelos momentos em que as opiniões dos outros envolvidos vão aparecer. O livro tem bons diálogos e uma boa construção narrativa, e até apresenta alguns pequenos plot twists
Numa escala Gillian Flynn, o livro se aproxima bem mais de Objetos Cortantes do que de Garota Exemplar, por todo o seu contexto familiar, e acredito que realmente possa agradar fãs da autora. Não entrou para os meus thrillers favoritos, mas ainda assim recomendo a leitura.


ISBN: 978-85-7686-802-6
Editora: Verus
Nota: 2,5/5⭐

0 Comentários